Crise de abstinência: o que é e como reduzir sofrimentos

A crise de abstinência é um trauma para quem está em tratamento para dependência de drogas ou decidiu parar sozinho de uma hora para outra. Se você tem um fumante na família que já tentou parar com o cigarro e não conseguiu, certamente ele irá justificar com sintomas característicos da abstinência.

Com as drogas acontece da mesma forma, com menor ou maior intensidade.

Para entender o que alguém sofre na crise de abstinência, o primeiro passo é compreender que isso não é desculpa: da dor física à angústia psicológica, a crise de abstinência pode ser terrível.

O que é a crise de abstinência?

A crise ou síndrome de abstinência é uma série de sintomas físicos, psíquicos e comportamentais. É causada quando o dependente químico interrompe o uso de drogas de uma vez, tendo como consequência um sofrimento quase insuportável.    

Quais os sintomas apresentados pela pessoa?

A crise de abstinência pode se manifestar por meio de sintomas físicos, psíquicos e comportamentais. Causa desconforto psíquico, como irritação, angústia, depressão, agitação, além de alteração da frequência cardíaca e pressão arterial, tremores (em alcoolistas, principalmente), diarreia e suor intenso.

Crises mais agudas podem levar a choros descontrolados, ataques de fúria e, em casos extremos, até suicídio.

Porque o dependente químico tem crise de abstinência?

Quando ingerimos repetidamente algo capaz de causar dependência (álcool, drogas, comprimidos ou mesmo açúcar) é como se nosso organismo começasse a “se acostumar” com essas substâncias. É como se aquilo fosse natural e vital para o corpo. Se a ingestão destas substâncias é interrompida sem o devido preparo, a sensação é de que falta algo sem o qual é impossível continuar a viver, quase como água ou oxigênio.

É possível parar de usar drogas sem ter crises?

A intensidade das crises de abstinência depende de certos fatores, como o organismo de cada pessoa, o nível da dependência química, entre outros. Tem gente que consegue parar com o cigarro sem grande sofrimento, tem gente que não.

De qualquer forma, para um usuário de drogas, quanto mais a pessoa estiver assistida no momento em que cessar o uso (no caso de uma internação, por exemplo), melhor será o processo, já que contará com medicamentos e terapias que ajudarão a atravessar este momento reduzindo o sofrimento.

O que fazer se um usuário de drogas apresenta uma crise?

Certamente, se a pessoa usa drogas ou abusa do álcool e está pensando em parar, o correto é procurar ajuda especializada, como uma clínica de tratamento da dependência química. Assim, já prevendo as crises de abstinência, o serviço conta com profissionais e estrutura para acolher o paciente da maneira que ele precisa.

Se a crise acontece dentro de casa, sem a ajuda de especialistas, é possível tomar atitudes para reduzir a intensidade, como beber água, comer alimentos sem muita caloria, fazer exercícios de respiração, caminhar, até que o pico da crise se acalme. Importante: nunca tomar nenhum tipo de medicamento sem a prescrição de um médico.

Davi Tomasi

Psicólogo

CRP 06/93705

Problemas com álcool na família? Saiba onde obter ajuda!

Quer mais detalhes? Assista ao vídeo do Canal TV Saúde Brasil sobre o assunto