tratamento com internacao para dependentes quimicos

Tratamento com Internação para Dependentes Químicos

Tratamento com Internação para Dependência Química

Como funciona o tratamento para dependentes químicos?

Quando as drogas ultrapassam a fronteira do lar, tornando um membro da família dependente químico, muitas vezes não sabemos o que fazer. Neste caso a escolha correta muda tudo.

Para garantir nosso principal compromisso, o tratamento especializado para Dependência Química, oferecemos um serviço com base nos mais avançados estudos científicos relacionados à dependência química.

A doença é tratada a partir das causas biológicas, psíquicas e sociais que levaram a pessoa a desenvolvê-la.

O paciente é acolhido por uma equipe de médicos psiquiatras, clínicos gerais, psicólogos, terapeutas, professores de educação física, que atuam de forma interdisciplinar, cuidando do ser humano como um todo.

O tratamento reúne etapas importantes, como: desintoxicação; psicoterapia; ressocialização, na qual o paciente é preparado para o retorno ao lar.

Tudo isso está inserido em um Projeto Terapêutico, uma metodologia de trabalho exclusiva, que determina como cada profissional deve atuar no processo de recuperação.

Internação Involuntária

A dependência química, sobretudo em casos de drogas como o crack, costuma deixar o indivíduo refém da substância, sem a capacidade de avaliar o mal que ela faz a si e às pessoas que estão próximas. Com isso, por mais evidentes que sejam os danos causados pela dependência (no trabalho, nos estudos, nas relações sociais e afetivas), o dependente químico rejeita qualquer possibilidade de tratamento.

A família, por outro lado, muitas vezes pega de surpresa, não sabe que atitude tomar diante de uma situação tão séria. E neste caso, a decisão mais correta é internar a pessoa, ainda que contra sua vontade. A possibilidade de recuperação deve prevalecer sobre a certeza de que as drogas levam a caminhos que vão da desorganização familiar até a morte por overdose ou outras consequências do uso de substâncias.

Há casos em que o dependente químico já passou por uma série de internações voluntárias em comunidades terapêuticas, grupos de auto-ajuda, sem sucesso, e por isso não queira mais se tratar, por mais que o problema persista. Nestas ocasiões a internação involuntária também é recomendada, desde que realizada por profissionais capacitados, em clinica especializada no tratamento.

Vale destacar que a família, quando decidir pela internação involuntária, deve verificar se a instituição tem autorização legal e possui equipe profissional capacitada tanto para a remoção do paciente quanto para a realização do tratamento em uma clinica especializada. A Clínica de Recuperação é uma das poucas instituições, no Brasil, plenamente aptas para este trabalho, com equipes treinadas para garantir o bem-estar do paciente do momento que deixa sua casa até o retorno ao lar.

Remoção e Resgate do Dependente Químico

Quando se trata de internação involuntária, todo o cuidado, respeito, segurança, e acolhimento são necessários para garantir o bem-estar do paciente até sua internação.

Mais que isso, é necessário estar devidamente credenciado, respeitando normas conforme determinação legal.

Nossa Clinica de Recuperação possui equipe própria, que é treinada para realizar o trabalho com toda a discrição e agilidade.

Ainda há opções de veículos especiais como ambulâncias ou veículos discretos sem qualquer identificação, preserva o sigilo e garante a segurança no transporte do paciente.